Rosa Scraps - Carta de Amor♥
Rosa scraps
 Carta de Amor♥
MEU AMOR

Proponho passar o final de semana juntinhos, só eu e você. Vamos começar sábado cedo, prolongando esse prazer até segunda-feira. Ao convidá-lo com toda essa antecedência, quero garantir sua presença para a celebração do nosso grande amor.
Sabemos que não vamos comemorar nenhuma data distinta, tampouco temos motivos especiais para isso.
Há apenas uma forte razão; é como se fossemos duas pessoas imantadas que acabam sempre agarradas, pois a força do amor e do imã se equivalem pela atração.
Já estou ansiosa para estar em seus braços, para poder beijá-lo, saciando esta expectativa de amor e carinho que estou sentindo. Espero que esse sintoma atinja também o seu corpo e o seu pensamento, assim estaremos juntos, celebrando o amor em sua forma mais sensacional.
Vamos provar que o amor não depende de datas ou motivos. Ele desabrocha pelo ímpeto do desejo, contido no seio de quem espera, para explodir na plenitude, incendiando nosso corpo e nossa alma. Amar é viver, é um doce gesto, embriagador e vulgar. Precisamos manifestá-lo para preservar inclusive, a nossa própria saúde.
Querido, o convite está feito, estou te esperando cheia de amor, com muito carinho.



NOSSO PRIMEIRO BEIJO

Hoje é um dia em que, desde cedo, estou me sentindo muito sentimental. Em minha mente só aparecem imagens de coisas bonitas, de momentos felizes e cheios de amor. Só penso no nosso primeiro beijo, que foi a culminância, o instante maior, vivido por nós depois de muita expectativa. Só por isso, me sinto leve, flutuando em nuvens de felicidade.
Pena que este ato está tão banalizado que, na verdade já não é uma manifestação de paixão. É, isto sim, uma coisa tão vulgar, que as pessoas chegam a concorrer entre si, numa noitada, para, em disputa do primeiro lugar, saber quem beijou mais pessoas diferentes nessa mesma noite.
É mesmo uma ousadia esse procedimento, pois o concurso envolve também, a qualidade e o tempo de duração, do entrelaçamento de línguas, e da mistura de saliva. Isto tudo, sem levar em conta a atração física ou sentimental, que na verdade é o que dá sabor ao beijo, o tempero do amor.
Que pena não se dar o valor devido, a uma atitude tão maravilhosa que é, o beijo da pessoa amada. Não imagina você, quanto significativo considero o nosso primeiro beijo, que sinto até arrepios de amor, só de lembrar daquele instante. Ele foi uma coisa trabalhada, um gesto cheio de preliminares, foi na verdade uma conquista inesquecível.
Por isso esse momento está sendo lembrado hoje, neste dia em que estou tão feliz, cheio de amor, eu não podia deixar de lembrar. Foi quando nos beijamos pela primeira vez, de longe, o momento mais feliz deste nosso romance. Sem duvida, a coisa que mais mexeu comigo. Apaixonei-me por você.


NOSSO LINDO AMOR

Você não pode acreditar o quanto eu amei te conhecer.
O fato de estar namorando não me preocupou. Percebi o seu entusiasmo, quando a conversa se encaminhou para outro rumo, entendi que ao primeiro olhar houve empatia.
Naquele momento, já estávamos atraídos um pelo outro, era inevitável o nosso envolvimento. Gostei de você ao primeiro contato, percebi que o xodó era correspondido quando tivemos oportunidade de ficar só, surgiu então a chance do beijo.
Foi maravilhoso. Aquele beijo consentido provocou uma reação instantânea, dando início a esse nosso caso. Sei que não será uma paixão passageira, só pelo calor daquele primeiro encontro. Senti uma emoção forte, aquela que sentem as pessoas, ao perceber que vão se apaixonar.
Não lido bem com palavras faladas, por isso resolvi escrever esta carta e dar testemunho dessa emoção. Você já deve ter percebido esse amor, que teve seu começo numa festa de confraternização, e parece que vai durar mais do que o esperado.
É muito legal estar amando. Estou sentindo essa sensação!


DATA QUERIDA

Neste dia abençoado em que te conheci, lembro-me bem, nessa data querida eu senti o amor verdadeiro. Você pode até não acreditar, mas a verdade é que quanto mais o tempo passa, mais feliz me sinto. Relembro cada dia de nosso namoro e o que parecia ser uma simples atração, é amor pra valer.
Jamais eu deixaria passar esta data sem uma carta, para lembrar do tempo em que estamos juntos, embora hoje por circunstância estejamos longe. A saudade é muito forte, cada hora longe de ti é um século, sinto sua falta e tenho pressa que volte, só assim poderei me sentir novamente feliz.
Na passagem deste dia, que trouxe para o meu coração nova vida e novas esperanças, estou sentindo que posso sonhar em ser eternamente feliz ao seu lado. Uma pequena ausência sua, já me fez sentir o grande amor que a ti devoto.
Não quero que esta carta sirva para apressar a sua volta, mas é preciso que saiba, estou morrendo de saudade. O desejo de poder tê-lo brevemente em meus braços é grande, igual ao do sedento viajante que enxerga miragem no deserto.
Esperando ansiosamente sua volta, receba um longo beijo da sua eterna apaixonada
.


Meu amor,

que surjam as pedras, pois elas são teimosas, quase onipresentes ao longo das vidas. Mas sei que, para nós, nunca haverá “o fim do caminho”, porque tenho a certeza de que estamos suficientemente apaixonados e preparados para enfrentar qualquer obstáculo e, citando novamente a clássica canção de Jobim, que o mês de março signifique sempre “o projeto da casa”, “o corpo na cama”. Nossa casa, nossos corpos. Na mesma casa, na mesma cama…
Não tome esta minha declaração de sincero amor como uma conversa vulgar, como uma “conversa ribeira”, pois mês a mês, sinto que todas as águas que desabam sobre nós março-após março, em forma de chuva ou cachoeira, servem apenas para levar de nossas almas todo o mal, para lavar os nossos corpos do tedioso ranço do cotidiano, que às vezes tenta se sobrepôr e ofuscar a força deste amor infindo que nos une.
Que venham as chuvas e os granizos, que se avolumem os rios e as cascatas, que se elevem as marés e que as ondas salpiquem de sal as peles e as calçadas, que as águas de março produzam um dilúvio de amor, porque desde que eu te conheci tive a certeza de que o nosso amor navegaria nessas águas; assim como seria capaz de curtir o sol ardente de janeiro, o carnaval de fevereiro, a primavera em setembro e a felicidade plena, por toda a eternidade.
Beijo molhado,

CARTA DE AMOR

     Hoje acordei pensando em você e por alguns minutos desejei voltar no tempo e revivi aqueles bons momentos. Pensei nos dias que passamos juntos, aqueles beijos calorosos e o seu jeito carinhoso de ser, o que me confortou foi saber que apesar da distância a sua presença estará sempre viva em minhas lembranças, pois uma pessoa especial como você não tem hora nem dia para ser lembrado.      Desculpe-me por te enviar esta carta, mas não estou suportando saber que você esta ficando com outra pessoa, me dói saber que fui em sua vida apenas mais uma das tantas que você apenas quis dar uns beijinhos, isso me magoou muito, pois o que sinto por você é realmente um grande amor e estou sofrendo por esse gostar.      Sei que não deveria deixar isso acontecer, mas o coração não se pode controlar. Não quero que sinta pena de mim, pois você foi um amor que cativou meu coração, me deixando completamente apaixonada, e sofro só em pensar que não poderei mais desfrutar deste amor, de seus beijos e carinhos.
     Mas sei que o tempo se encarrega de dar fim a todas as coisas, enquanto isso não acontece, vou vivendo de nossas lembranças que embora me façam sofrer, ainda me traz um gozo de satisfação em pensar que tive com você momentos muito bons.
     Quanto a você não gostar de mim, respeito a sua posição, talvez o meu amor não tenha sido suficiente para conquista-lo e fico me perguntando onde foi que errei:      Será que não fui compreensiva o bastante? Será que exigi demais? Será que errei em querer te ajudar naquilo que você mais precisava? Sei que não obterei respostas, mas tudo que fiz foi para estar sempre ao seu lado, mesmo com tantos contra tempos,encontros e desencontros sempre procurei compreender-te, talvez com isso eu tenha afastado você de mim,sabe amor,na vida sempre aprendemos uma lição e com você aprendi muitas coisas que levarei comigo onde quer que vá.      Peço-te que baseado em tudo que vivemos você reconsidere os fatos e volte as paginas do passado e as paginas do presente e verás que estarei contidas nelas esperando por você.
     Com muito amor e carinho, sua eterna apaixonada.


MEU AMOR!

Minha querida...
Tem dias que acordo aflito, cheio de vontade de poder falar ou fazer algo especial pra você.
Mas talvez faltassem palavras certas para me expressar e atitudes para tal, para dizer-te o quanto és importante na minha vida.
Dizem que o amigo é o outro eu, por isso, tenho tanto cuidado contigo, sei que somos muito mais do que amigos, assim, considero.
Fico feliz quando estamos bem, relacionamento bom, porque é baseado em uma amizade, na essência plena da amizade. Antes de tudo me considero um grande amigo e reconheço em você uma grande amiga.
Sei que não tenho nenhum controle sobre você, mas me preocupo demais. Qualquer atitude que tomamos devemos ter cuidados para não nos magoar, resguardando assim essa nossa amizade.
É por isso que quando vou tomar qualquer atitude na minha vida penso logo em você...talvez ache um absurdo eu dizer isto, mais a minha vida ultimamente ela vem girando em volta desse mundo desconhecido do amor.
Olha meu amor... se assim posso te chamar...pense verdadeiramente que te amo.
Sabe acho até que encontrei algo especial pra te falar, apesar de que todos os dias gostaria de dizer...EU TE AMOOOOOOO.
Sei que nada neste mundo é perfeito, e acabo escrevendo coisas que pra você é sem nexo, ultrapassado, careta, mas para mim faço com o coração pulsando a mil.
Em toda a minha vida nunca imaginei amar alguém assim, que não sente o mesmo por mim, e quando estamos conversando não deixa de falar de seus relacionamentos...
Ouço e fico triste, pois o que sinto por ti você não dá a mínima importância...
Dizem que o tempo se encarrega de dar fim em todas as coisas, vou vivendo nossas lembranças e sofrendo calado, pois os poucos momentos que tivemos juntos foi muito bom...
Quando ouço essa musica do ROBERTO CARLOS, me leva ao passado, pois ela retrata muito bem o que vivemos... TARDES DE DOMINGO...
Com muito amor e carinho.
Do seu eterno apaixonado.

ME ESCREVA
Meu amor está tão longe de mim
Meu bem não seja tão ruim
Escreva uma carta meu amor
E diga alguma coisa por favor
Diga que você não me esqueceu
E que o seu coração ainda é meu
Escreva uma carta meu amor
E diga alguma coisa por favor
O beijo que você me deu
Eu guardo até hoje no calor
Escreva uma carta meu amor.


carta
“…tens razão, meu amor: nunca te escrevi uma carta de amor… interessante notar que mesmo num tom frio dito assim, sinto a dureza do saber que algo tão simples ainda não foi feito… talvez não tenha jeito… ou será apenas preconceito?... mas, na verdade, nunca te escrevi uma carta de amor, daquelas que levam as mágoas e as saudades em torrentes turvas de rios alterosos em direcção a um mar onde o horizonte se confunde com as cores de majestosos tons… são cartas de amor em que as palavras se confundem com os sentimentos que queremos transmitir e não os sabemos… são cartas de amor em que as palavras se misturam numa amálgama de tonalidades que não duram… são cartas de amor que perduram no tempo sem um lamento mas onde o sentir de um breve sentimento mais não é do que o dizer da palavra em dado momento… são cartas de amor que não escapam ao estereotipo dos sons que se ouvem na escrita e se escrevem com a voz… o som que se debate dentro de nós sem sabermos que já não temos o poder de gritar a sós… cartas de amor dizendo o que não é preciso dizer… cartas de amor falando de coisas que sabemos sentir, possuir, ver… cartas de amor com palavras que transmitem o toque, o cheiro, a visão, o sabor e a audição dos nossos corpos em fusão… na verdade, meu amor, nunca te escrevi uma carta de amor… uma carta que repetisse o que desde o início sempre te disse: que te amo… para quê então, meu bem, escrever o que já se sabe, o que já se tem?... mas um dia vou tentar escrever-te uma carta de amor, uma carta que te leve as palavras que me preenchem e se derramem sobre ti num sabor a tudo o que qualquer homem e mulher podem querer: que se amem a valer sem preciso ter de escrever uma carta de amor, perfeita, bela, cheia de luz e de cor…”



Lunes, 2016-12-05, 6:33 PM
Le saludo Visitante
Inicio | Registrarse | Entrada




[Leia o Livro]

[Assine o Livro]



             



A felicidade não está no fim da jornada
e sim
em cada curva do caminho
que percorremos para
encontrá-la.
Autor: (Desconhecido)
A felicidade não está em viver
mas em saber viver

My House on Web



Lunes, 2016-12-05, 6:33 PM
Le saludo Visitante
Inicio | Registrarse | Entrada
Top30 Brasil - Vote neste site!
Top30 Brasil